Prevenção em alergias

Prevenção em alergias

O que é alergia?

Será que tem como prevenir alergia

As alergias são as doenças hoje mais acometidas na sociedade, sabemos que existe um assunto chamado marcha atópica, ou seja, todo paciente que tem um mecanismo Ige mediado marcha durante a vida para doenças atópicas, que são doenças que cursam com sintomas alérgicos tais como a rinite, a conjuntivite alérgica, a asma, a dermatite atópica, que doenças de alto impacto na nossa vida.

Tem como evitar que o próximo filho seja alérgico como o primeiro?

Alergia é genética, portanto os estudos mostram que estão tentando quantificar alguma coisa que possamos fazer antes de nos tornarmos alérgicos e então a primeira pergunta é que se a dieta materna durante a gestação interfere na sensibilização alérgica dos filhos, infelizmente os resultados mostram que não tem nada a ver. Portanto, não adianta fazer dieta de restrição de leite, o ovo, amendoim, enfim isso não vai mudar o curso natural da patologia alérgica no bebê. A segunda pergunta é que se aleitamento materno previne alergia. Os estudos mostram que esse é um dos mecanismos importantes na prevenção das doenças alérgicas. Outra pergunta é que se retardar a introdução de alimentos sólidos para o paciente de risco há chance de diminuir o risco de alergia. Essa é uma dúvida dos pediatras, mas sabemos que isso é comprovadamente falso, não diminui o risco de alergia alimentar em crianças .

A quarta e última questão é que se a introdução de forma hidrolisadas nos pacientes de risco muda o curso da doença médica alimentar. Realmente esse é um dos temas mais importantes mais atuais e nos grandes congressos internacionais a discussão é na minha sincera opinião as fórmulas e hidrolisada em crianças que têm risco familiar, risco de doença alimentar, podem sim mudar o curso natural da doença alérgica.

Quais são as pessoas com fatores de risco?

Existem critérios maiores e critérios menores para os fatores de risco em alergia. Se sua mãe com asma diagnosticada por médico ou um parente com dermatite atópica diagnosticado por um médico, ele entra como critério maior. Já se você tem rinite ou se sibilou durante a infância e não foi causada por infecções de vias aéreas superiores virais, esses são considerados critérios menores. E ainda mais, se no hemograma tiver Eosinofilia maior que 4 por cento há um indicativo de critério menor indicando ser um paciente de risco para alergias, por isso, a recomendação da alergologia é que você procure o seu especialista para boa investigação e a boa prática médica, a fim de melhorar o diagnóstico e acurácia do seu tratamento.


Deixe um cometário

Your email address will not be published.